Joelho De Porco – São Paulo 1554-Hoje (1976)

E aí…? Você vai de xaxado? Eu vou de rock’n’roll! (pelo menos até domingo, se não embaçar…)

Depois de Mutantes, Made In Brazil e Os Incríveis, o Joelho de Porco foi a banda de rock que me puxou pelos pés no auge dos meus 15 anos. Descobri o grupo através de um compacto, cuja a música, “Se você vai de xaxado, eu vou de rock’n’roll”, fazia o maior sucesso na minha turma.
Coincidentemente, naquele mesmo ano de 1976, era lançado um lp da banda pela Som Livre. Me lembro que havia até propaganda na TV Globo anunciando. E aí, não deu outra, comprei o disco. (Verificando neste instante, vejo que o lp ao qual eu me refiro foi o segundo, quando então entrou um vocalista argentino, o Billy Bond).
“São Paulo 1554-Hoje” é outro clássico do rock nacional. Foi relançado em vinil pelo selo Beverly no início dos aos 80 com esta capinha que vemos logo acima. Na verdade era a contracapa no original. Em 1998 ele foi relançado em formato digital pela Movieplay.
O último remanescente do Joelho, Próspero Albanese, continua na ativa mantendo vivo o nome e a memória de uma das mais inovadoras bandas de rock brasileiro. O Joelho de Porco foi um precursor do estilo punk (mas eles não eram punk não, viu?)
*para engrossar o nosso “eisbein”, estão incluídas as duas faixas que compoe o compacto de estréia, lançado em 1973, produzido e com participação de Arnaldo Baptista, dos Mutates.
hey gordão
boeing 723897
mardito fiapo de manga
cruzei meus braços, fui o palhaço
debaixo das palmeiras
mexico lindo
aeroporto de congonhas
são paulo by day
a lâmpada de edson
meus vinte e seis anos
fly america (bônus)
se você vai de xaxado, eu vou de rock’n’roll (bônus)

Deixe uma resposta