Geraldo Vandré – Canto Geral (1968)

Indo e vindo, aqui vamos nós começando a semana. Vocês não podem imaginar como isso aqui é terapêutico. Tenho nos últimos dias andado meio deprimido e a única coisa que me põe pra cima é este blog. O Toque Musical é minha redenção. E olha que nem é só pela interação que ele me proporciona junto a vocês, meus visitantes. É também pelo prazer de ver e fazer o que eu gosto. De ressuscitar o meu passado, relembrar bons momentos. De estar comigo mesmo. De chorar ou sorrir se me convém, sem ter que dar satisfação aos outros. As vezes eu fico meio assim, melancólico e deprimido, mas não vou deixar a peteca cair! Desculpem-me o desabafo…
O disco de hoje é dedicado aos setembrinos como eu e como o Geraldo Vandré. Na verdade eu havia pensado em postar este álbum no dia 12, aniversário deste grande artista, mas como não sei o que vai ser do dia de amanhã, vou logo curar minha ânsia.
Então, temos pra já o maravilhoso “Canto Geral”, que eu considero com um de seus melhores trabalhos. Este disco é mais conhecido por outra capa, a segunda de relançamento. Por sinal, muito mais significativa que esta, onde vemos nas cores verde e amarelo, respectivamente, o gado e o povo entre o título “Canto Geral” em vermelho. Mas mesmo com toda a representação, eu ainda prefiro a orignal. É muito mais bonita, né não? 🙂 Salve Babaya!

terra plana
companheira
maria rita
de serra de terra e de mar
cantiga brava
ventania
o plantador
joão e maria
arueira
guerrilheira

Deixe uma resposta