Os Novos Boemios – Choros E Chorões (198…)

Boa noite, amigos cultos, ocultos e associados de plantão! Desculpem a expressão, mas hoje o dia foi foda! Véspera de feriado, com obras por toda a cidade, o trânsito ficou um horror. Só agora eu estou chegando em casa, mas felizmente ainda a tempo de bater o ponto. E vamos lá…
Hoje teremos um disco que está funcionando como ‘disco de gaveta’. Isso porque mais uma vez eu não tive tempo para preparar nada. Assim, lanço mão de uma colaboração, um disco enviado recentemente para mim, pela nossa amiga frequentadora Elaine. Eu confesso que não tive tempo de ouvir e conhecer um pouco sobre esse grupo, “Os Novos Boêmios”. A capa também não nos traz nenhuma informação e nem data de lançamento. O álbum foi lançado pelo selo Cartaz. Pelo estilão da capa e outros detalhes, eu diria que o disco foi lançado na década de 80. Contudo, do pouco que estou ouvindo agora, suponho que seja um grupo e uma gravação dos anos 60. Como se pode ver pela estampa, trata-se de um disco de chorinho. O repertório, muito bem pautado, nos traz pérolas de Pixinguinha, Garoto, Catulo da Paixão Cearense, Waldir  Azevedo e outro mais… São verdadeiros clássicos do chôro, que sempre vale a pena ouvir de novo e principalmente com outros intérpretes. Vamos conferir?

tico tico no fubá
língua de preto
andré de sapato novo
carinhoso
amoroso
flor amorosa
o boêmio
brasileirinho
odeon
lamento
sofre porque queres
os oito batutas

Deixe uma resposta