Oswaldo Silva – Seresta (S/D)

Bom, já se passaram duas semanas com postagens diretas dedicadas à Paladium. Se formos continuar nessa linha, provavelmente teremos ainda muitas outras semanas. Por essa razão e por outras também, estou pensando em criar um blog exclusivo para os discos do selo. Já até criei uma nova conta no Blogger e no WordPress para isso. Só me falta agora achar tempo para administrar mais um blog (ou dois). Vamos ver…

Para não sairmos assim radicalmente de uma coisa e cairmos em outra, teremos ainda nesta semana alguns discos do selo Paladium ou relacionados à ele, (porque não?). Quem não estiver gostando depois me conta como é a experiência de não gostar e mesmo assim ficar rondando por aqui (nunca entendi isso).
Temos desta vez um artista verdadeiro, um violonista, que gravou pela Paladium. Oswaldo Silva não é um pseudônimo. Embora não seja lá um artista conhecido do grande público, entre seresteiros, principalmente em Minas Gerais, seu nome está presente. A Bemol/Paladium, além dos pseudônimos e até dos ‘fonogramas emprestado’, também apostou em alguns artistas, principalmente aqueles que se encontravam em Minas. Célio Balona, Waldir Silva, Adilson Adriano, Joe Smith, Geraldo Tavares e muitos outros. Todos foram também relançados em selos Bemol, Beverly, Copacabana e Coledisc.
Neste álbum encontramos uma seleção de clássicos da seresta, interpretados ao violão por Oswaldo Silva. Uma produção barata, sem dúvida, mas de excelente qualidade musical. Confiram mais um capítulo dessa novela. Quem não gostar é só mudar o canal, vá assistir a MTV ou qualquer coisa igual (putz, até rimou!)

sons de carrilhões
gotas de lágrimas
última inspiração
noite de lua
se ela perguntar
dança paraguaia
romance de amor
nda recol la culpa
milongue del ayer
soluços
rosita
la despedida

Deixe uma resposta