Os Harmonipops – Espetacular, As Duas Faces Dos Harmonipops (1970)

Mais uma investida na gaita, mas sem direito a juros e correção monetária. Aqui o lucro é a cultura e o resgate da nossa memória musical. O rendimento vem da multiplicação através do compartilhamento, a permanência como fator fundamental para a história fonográfica brasileira. Está difícil de entender? Ok, vamos largar os conceitos e analogias. Vamos direto ao assunto… Quem aqui se lembra ou já ouviu falar nos Harmonipops? Provavelmente muitos poucos e para esses, nossa postagem do dia é um achado. Eu também me coloco na posição daqueles que já ouviram falar, mas nunca ouviram tocar. Temos agora a oportunidade, a qual eu quero compartilhar com vocês, mesmo porque, minha esperança é saber um pouco mais sobre esse trio de gaitas. Descobri Os Harmonipops faz pouco tempo, achava que fosse um grupo estrangeiro, principalmente por conta do repertório que nada tem de nacional. Fazendo uma pesquisa rápida na rede, quase nada encontramos sobre quem são ou foram. Tive que ir juntando as peças, mas o quebra cabeças ainda continua praticamente incompleto. De tudo que tenho, é apenas que foi o primeiro conjunto com gaitas eletrônicas (microfone acoplado ao instrumento) no Brasil. Pelos recortes de jornais e revistas estampados na contracapa sabe-se também que foram eles um grupo muito atuante e de um relativo sucesso. O trio era formando por Clive Pop, Sigmund Gargitter e um terceiro que eu não consegui saber o nome. Por aí dá para vocês entenderem a minha dúvida quanto ao fato de ser o grupo brasileiro ou não. O certo é que pouca coisa tem sido escrita e publicada sobre a história da harmônica (gaita de boca) no Brasil. Se existe, não está assim tão acessível a qualquer mortal. Por sorte, temos hoje em dia um interesse crescente no instrumento e também pesquisas sobre sua história sendo realizadas, como é o caso do gaitista baiano Luiz Rocha que vem recolhendo todo o tipo de informação sobre o assunto. Quem tiver alguma coisa para acrescentar ou contribuir com este trabalho, entre em contato com o cara. Toda informação é bem vinda. Da minha parte, tenho feito o que sei, publicado sempre que possível algum disco de gaitistas brasileiros.
Os Hamonipops, parece que gravaram outros discos, inclusive um compacto, como no caso deste álbum, pelo obscuro selo California. Ao que tudo indica, pela minha minha investigação, o presente lp foi lançado em 1970, ou por aí… A seleção musical nos apresenta um repertório variado mas convencional. Não há nada ligado à música brasileira. Mesmo assim, muito bom, confiram…

tender is the night
moon river
love is a many – splendored thing
nora’s theme
more
prefidia
a gioconda
abertura do poeta e o camponês
largo al factotum
dança macabra opus 40

Deixe uma resposta