Waldir Silva E Seu Regional (1983)

Olás! Definitivamente eu não posso mais ficar planejando como vai ser a semana. Quando eu pensava que estaria mais folgado à ponto de poder escolher bem as postagens, me surgem outras obrigações que comem todo o meu dia. Fui obrigado a lançar mão de mais um ‘disco de gaveta’. Para manter o nível, escolhi ninguém menos que um outro fera das cordas, o homem do cavaquinho de ouro, o grande Waldir Silva.

Um dos maiores nomes deste instrumento, Waldir é respeitadíssimo e um fenômeno de vendagens de disco. Um instrumentista consagrado no Brasil e em outros países. Já tocou com os mais diversos artistas, assim como também e ao lado de suas composições, os tem interpretado em discos. Em janeiro do ano passado eu postei aqui um de seus mais raros trabalhos e fez muito sucesso. Acredito que este também irá pelo mesmo caminho 🙂
O álbum que tenho aqui, me parece, é um relançamento de um lp realizado em 1973. Com tantas regravações, coletâneas e aproveitando sempre as mesmas fotos ou encarte, fica difícil saber se é mesmo um disco de carreira. Todavia e em se tratando de Waldir Silva, vale sempre conferir…
Desculpem, mas o dever me chama. Fiquem a vontade e não deixem de comentar. A lenha que toca o Toque são os comentários de vocês. Bom dia!
zingara
luar de nápoles
la paloma
cavaquinho triste
pout pourri do baião
delicado
felicidade
baião caçula
são paulo quatrocentão
pout pourri de ataulfo alves
orgulho de um sambista

Deixe uma resposta