Bloco Carnavalesco Vai Quem Quer – Isto É Samba (1961)

Olá amigos foliões, cultos e ocultos (hehehe…) Carnaval taí e pelo jeito, aqui em Beagá a chuva não vai dar trégua. Num ano em que o belorizontino resolve encarar a festa de maneira programada, vem logo a chuva para tentar cortar o barato. Mas como dizem, quem tá na chuva tem mais é que se molhar. Desta vez, parece, o Chapolim (figura que sai num caminhão pipa jogando água nas pessoas) resolveu pedir ajuda à São Pedro. Carnaval molhado, tá valendo. Com dezenas de blocos espalhados por toda a cidade, não falta opção. Bom mesmo é curtir…
Na onda dos blocos caricatos, aqui vai mais um raro disquinho do selo Pawal: Bloco Caricato Vai Quem Quer, de Catumbi, Rio de Janeiro. Este é mais um daqueles tradicionais blocos carnavalescos carioca, cuja a percussão e repercussão vão além das ruas por onde passam. Até o nome do bloco já serviu de inspiração para outros. Em São Paulo, la na Vila Madalena, também tem um Vai Quem Quer. O de Catumbí surgiu nos anos 50, formado de maneira espontânea na própria comunidade e se mantem vivo e sempre atuante, inclusive no Carnaval deste ano. Este lp, pelas informações que recolhi, foi lançado em 1961. Nos anos 60, discos de carnaval e grupos relacionados a festa eram muito comuns e eram realmente muito bons. eram discos de samba e de batucada autênticos. Infelizmente a coisa toda foi diluindo e o que temos hoje, se comparado aos tempos passados, dá vontade de chorar. Dessa forma, para que o nosso Carnaval não fique com gosto de micareta, pagode e funk, vamos relembrar ou conhecer um verdadeiro bloco caricato. Os sambas apresentados aqui são todos de autoria do carnavalesco Jorge França Barreto.
o samba vai esquentar
o seresteiro
mulata faceira
rufar do tambor
conclusão
moçada louca
bateria
está na hora
empolgação tédio
já chegou quem faltava
praga

Deixe uma resposta