Sergio Mendes (1982)

Bom dia, meus caros amigos cultos e ocultos! Segue aqui mais um disquinho de sete polegadas. Desta vez destacando o competente Sérgio Mendes em um de seus momentos de sucesso nos anos 80. Absorvido totalmente pela cultura americana, nosso artista se transformou numa referência mundial da música pop de qualidade. Sua produção musical, além da Bossa Nova, tem fortes ligações com o jazz, funk, rhytnm blues, soul e consequentemente o pop americano. Neste compacto, lançado em 1982, pela A&M Records temos o ‘hit’ de sucesso mundial, “I neve gonna let you go”, música esta que também fez parte da trilha de uma novela da Rede Globo, “Final feliz”. Do outro lado do disquinho temos a adaptação de “Festa do interior”, música de Moraes Moreira e Abel Silva que aqui recebeu o nome de “Carnaval”. Essas duas músicas só entrariam no álbum Sergio Mendes, de 1983. 
Eu havia pensado em postar esse compacto como o último disco do ano, aproveitando o gancho da novela “Final feliz”, mas convenhamos, este ainda não é o final feliz, pelo menos neste ano não. Quem sabe no ano que vem, né? Mas tem que olhar para cima, deixar o negativismo de lado e as más influencias vindas da politização xucra que transformou o Brasil num imenso curral. Por hora, ficamos no arrependimento e na esperança e alegria de um novo carnaval.
 
never gonna let you go
carnaval – festa do interior
 
 
 
.

Walter Wanderley – WW Set: When It Was Done (1968)

Para começarmos bem a semana, aqui vai mais um disco bacana do Walter Wanderley, em sua fase internacional. Temos aqui “When It Was Done”, álbum lançado em 1968 pelo produtor Creed Taylor. Realmente um discaço onde WW conta com o apoio de uma turma de primeiríssima. Começando pelos vocais de Anamaria Valle, Milton Nascimento e as americanas Marilyn Jackson e Linda November. O grupo de músicos que acompanham o Walter é João Palma na bateria, José Marina no contrabaixo, Lulu Ferreira na percussão e o americano Marvin Stamm no ‘fluglhorn’. Contam que Marcos Valle também participou das gravações, mas no disco não consta os créditos. Os arranjos são de Eumir Deodato e Don Sebesky. O repertório é uma bem dosada mistura de música brasileira e americana, como vocês mesmos podem verificar na listagem a baixo. Taí um disco recomendadíssimo…

andança (open your arms)
surfboard
baião da garôa
reach out for me
olê olá
ponteio
when it was done
on my mind
just my love and i
capoeira
verdade em paz (truth in peace)