Aracy De Almeida – Noel Rosa (1954)

Olá, meus amigos cultos e ocultos! E lá se vai agosto… e para fechar o mês, aqui vai um pouco mais de Noel Rosa. Temos desta vez este lp de dez polegadas, lançado pelo selo Continental, em 1954, trazendo a cantora Aracy de Almeida, uma das mais fiéis intérpretes do Poeta da Vila. Este lp, na verdade, foi extraído de um álbum luxuoso, lançado pela Continental em 1950, em discos de 78 rpm. Álbum este em dois volumes. Inclusive, eu teria postado aqui justamente essa primeira versão, mas tive a infelicidade de deixar cair um dos álbuns e acabei perdendo três discos, que como todos devem saber, quebram como louça. Mas o lp que agora apresento é quase a mesma coisa, com a mesma e belíssima capa e gravações originais de Aracy de Almeida em um trabalho póstumo, homenageando um dos mais importantes compositores brasileiros. Este é um disco clássico que não pode faltar na coleção de quem gosta de música popular brasileira. E como anda difícil encontrar essas duas primeiras versões, aqui, pelo menos temos para vocês a versão digitalizada e como sempre completa, com capa, contacapa e selos 😉 Vamos conferir?
 
feitiço da vila
pra que mentir
último desejo
silêncio de um minuto
x do problema
conversa de botequim
não tem tradução
palpite infeliz
 
 
.

Noel Rosa – Canções De Noel Rosa Cantadas Por Noel Rosa (1955)

Bom domingo a todos vocês, amigos cultos e ocultos! Hoje eu acordei com Noel Rosa na cabeça e na ponta da língua. Geralmente é assim, acordo sempre com uma música na cabeça. Desta vez vieram várias e todas do Noel. Daí, não deu outra… vamos de Noel Rosa, porque não? Acredito que já tenha postado aqui quase tudo desse grande compositor, inclusive os próprios fonogramas deste disquinho de dez polegadas que agora apresento. Isso não importa, até porque, este pequeno álbum é o que podemos chamar de primeira edição em 33 rpm, é um clássico, é um 10 polegadas e acima de tudo é Noel Rosa.
Aqui temos o autor, compositor, interpretando por ele próprio algumas de suas célebres canções. Um disco, evidentemente póstumo, cujo os fonogramas foram extraídos de gravações originais para disco de 78 rpm. Um clássico de nosso cancioneiro popular que não pode faltar na discoteca de quem ama a música popular brasileira. Seja no físico ou no digital, Noel é fundamental (pronto, rimei… ). Confiram no GTM…
 
vejo amanhecer
devo esquecer
coisas nossas
mentiras de mulher
gago apaixonado
mulher indigesta
positivismo
felicidade
 
 
.