Quarteto Em Cy – Compacto Elenco (1966)

Olá, amigos cultos e ocultos! Que tal passarmos o mês nos compactos? Estou aqui com uma porção deles, disquinhos dos mais variados, inclusive, tenho alguns portugueses que acho interessante de mostrar e que por certo vocês também irão gostar. Mas, vou procurar alternar também com os lps, principalmente aqueles que já trazem um texto informativo na contracapa, assim a gente não atrasa, ok?
E pra começarmos bem, aqui vai um compacto da Elenco trazendo o delicioso Quarteto em Cy em disco lançado em 1966. Como se vê, trazendo duas pérolas, “Pedro pedreiro”, um dos primeiros sucessos de Chico Buarque e “Amaralina”, de Carlos Castilho e Chico de Assis. Creio que este compacto saiu primeiro, antes do lp, o terceiro das baianinhas. Confiram no GTM…
 
pedro pedreiro
amaralina
 
 
 
.

Máximo Da Bossa (1967)

Boa tarde a todos os amigos cultos e ocultos! Aqui estamos nós completando hoje 13 anos de atividades, 13 anos de Toque Musical. E para festejar, ou melhor, não deixar passar como apenas mais um dia, eu hoje estou trazendo para nossa postagem especial este box/caixa lançada em 1967 pelo editorial da Seleções, do Readers Digest. Uma produção associada a Aloísio de Oliveira e seu selo Elenco. Aqui temos reunidos dez lps, discos esses lançados pela gravadora na primeira metade dos anos 60 e aqui novamente apresentados nessa rica caixa. Um primor que só peca pela falta de um encarte, um libreto com maiores informações, seja sobre a Bossa Nova, seja sobre os artistas e músicas contidas nessa seleção. Por certo, trata-se de um projeto que se limita aos artistas da Bossa Nova que gravaram  pela Elenco e nem de todo é um disco de Bossa Nova. Tem bossa, mas é samba, samba com batido de bossa. Mas, quem melhor aqui para explicar sobre o que é a Bossa Nova do que o próprio Aloísio de Oliveira? Nesta, ele nos reservou um disco inteiro, o primeiro que abre a coleção e nos apresenta uma definição do que é esse gênero, mostrando vários exemplos e também entrevistando alguns dos artistas que fazem parte desses discos.
Essa coleção é sem dúvida histórica, importantíssima, básica para todo apreciador da música popular brasileira. Curiosamente, não recebeu sua devida importância, tanto por seu conteúdo quanto pela quantidade. Um box raro de se ver e de se ouvir, no sentido de volume e qualidade. Ainda hoje é possível encontrar essa edição por menos de 100 reais, em sebos e pelos mercados livres da vida.
Aí está um presente legal, que não é novidade, mas cabe bem em nossa comemoração.
Por ser uma postagem especial, de aniversário, não vou me dar ao trabalho de listar as faixas. É muita música! Melhor focar no GTM 😉 Abraço a todos e vamos para mais 13 anos 😉

.

Ciro Monteiro – De Vinicius & Baden Especialmente Para Ciro Monteiro (1965)

Olá, amigos cultos e ocultos! E enquanto a pandemia não passa e a gente fica nesse isolamento, melhor mesmo é se distrair com música, seguindo, por exemplo, as postagens do Toque Musical. Aqui sempre tem uma novidade e muitas surpresas. É só seguir no nosso ritmo…
Olha aí, no ritmo do samba, temos para hoje um disco clássico. Disco da Elenco, com músicas de Baden Powell e Vinícius de Moraes e tendo Ciro Monteiro cantando, não precisa dizer mais nada. Este é um lp já bem rodado na ‘blogsfera’, mas como tantos, é aqui que ele encontra o seu lugar de referência. Maravilhoso disco de samba canção que não poderia faltar por aqui. Confiram…

para fazer um bom café
linda baiana
deixa
amei tanto
astronauta
garota porongongons
formosa
alô joão
tome meu coração
tempo feliz
 
 
.

Márcia – Vol. 3 (1970)

Bom dia, amigos cultos e ocultos! O carnaval está bom, mas por aqui o batido vai ser outro. Vamos mais uma vez trazendo a cantora Márcia neste álbum lançado em 1970, pelo selo Elenco. Um trabalho bacana, produzido por Roberto Menescal que também cuidou dos arranjos ao lado do maestro José Briamonte. Este lp já esteve presente em outras ‘praças’ e certamente, como tudo postado por aqui, vai estar nas comunidades de compartilhamento, tipo torrent, onde você não só baixa o disco como também vírus e outros bugs de harckes. Não foi atoa ou por acaso que criei o grupo GTM. Mas cada um escolhe onde beber a água, não é mesmo? Segue assim esse volume 3 cujo o repertório é imperdível. Confiram…
 
canção da volta
sonho e saudade
castigo – nunca mais – fim de caso
foi a noite
o nosso olhar
jornada
alguém como tu
neste mesmo lugar
eu não existo sem você – franqueza
dindi
meu mundo é você
como eu queria que o amor voltasse
 
 
.

Scarambone E Seu Conjunto De Danças – Aquarela de Ritmos Vol 2 (1959)

Boa noite, amigos cultos e ocultos! Hoje trago para vocês o lp “Aquarela de Ritmos”, do pianista e tecladista José Scarambone, lançado pela RCA Victor em 1959. Um lp bem interessante, trazendo um repertório com temas nacionais e internacionais, com destaque, obviamente, para o samba e em especial para dois deles, prenúncio da Bossa Nova, “A felicidade” e “Eu sei que vou te amar”, de Antonio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes. Na contracapa, como pode ser visto, há um texto com mais informações sobre o artista e este disco. Adoro quanto isso acontece, assim me poupa palavras e agiliza nossas postagens. Confiram no GTM!

e daí?
perfume de gardênia
revolta
petite fleur
cansei
la strada del’amore
a felicidade
a very precious love
eu sei que vou te amar
quero beijar-te as mãos
ideias erradas
because of you



.